Dicas e notícias
O Rio de Janeiro como referência em economia criativa

O Rio de Janeiro como referência em economia criativa

14/05/2020

Economia criativa é um conceito que define negócios movimentados por capital intelectual, cultural e de criatividade. Como outros setores econômicos, engloba atividades relacionadas à criação, produção e distribuição de bens e serviços criativos.

Segundo definição que apareceu na Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, envolve “criatividade, cultura, economia e tecnologia em um mundo contemporâneo dominado por imagens, sons, textos e símbolos”.

O Rio de Janeiro é o 2º estado do Brasil com o maior número de profissionais na indústria criativa. Segundo um estudo da FIRJAN de 2019, são mais de 100 mil profissionais no estado, o que deixa o Rio de Janeiro atrás apenas do estado de São Paulo. 

Como exemplo de economia criativa temos:

Economia criativa de consumo: design, arquitetura, moda e publicidade.

Mídias: editorial e audiovisual.

Cultura: patrimônio e artes, música, artes cênicas e expressões culturais.


Ah, também listamos para vocês algumas empresas de economia criativa para você conhecer mais: