Dicas e notícias
Mapas mentais: um auxílio nos estudos

Mapas mentais: um auxílio nos estudos

18/02/2021

Manter uma rotina de estudos equilibrada com as tarefas do cotidiano pode parecer uma missão impossível e gerar bastante estresse, não é verdade?

Usar a técnica dos mapas mentais vai ser um grande auxílio, já que eles servem para organizar e priorizar ideias.

Inúmeros estudos indicam que o nosso cérebro entende melhor as informações, quando elas são anotadas, por isso, fazer uso de mapas mentais vai favorecer a memória e a criatividade de forma visual.

Isso será excelente para que você possa otimizar a sua forma de estudar e melhorar o seu rendimento quanto ao entendimento das disciplinas.

O conceito da técnica de mapas mentais gira em torno da criação de um organograma/fluxograma que torna possível que sejam feitas anotações em volta de uma palavra ou tema central e, a partir de então, surgem "palavras-chave".

Os mapas mentais vão te auxiliar no aceleramento da sua aprendizagem, porque eles te "forçam" a organizar as informações estudadas de modo simples e acessível.

Então, como fazer um mapa mental?

Anotar as informações torna possível que você consolide tudo aquilo que está aprendendo em sua mente.

Ao anotar as coisas à mão, por exemplo, você acaba por manter as suas redes neurais ativadas, já que faz inúmeros movimentos distintos ao desenhar cada letra.

Uma dica: use cores!

O uso de cores monocromáticas, como é feito em geral (caneta azul ou preta), acaba fazendo com que sejam utilizadas as mesmas partes do cérebro.

Então, para usar o cérebro por completo, é ideal que seja feito o uso de cores. Dessa forma, a interação da mente com a informação estudada fica mais orgânica.

Mas, como nem sempre temos uma infinidade de cores à disposição, a outra dica é que seja feito o uso de ao menos 3 cores de caneta.

As regras básicas para fazer mapas mentais 

Utilize uma folha na horizontal

Geralmente a gente escreve horizontalmente, então, usar a folha na horizontal também vai te ajudar a ter mais espaço para escrever outras ideias.

Tente não usar folhas com pautas, porque isso vai acabar te influenciando a seguir a ordem das linhas ao escrever e nosso objetivo com os mapas mentais é fazer justamente o contrário.

Crie um "nó central"

Esse nó é o tema principal que você vai desenvolver em todo o seu mapa mental.

Anote-o no centro da folha em branco e, a partir dele, desenvolva os "ramos radiano" e os tópicos ou palavras-chave que deverá estudar.

Ramos radianos?

Use curvas para ligar o tema principal à palavra-chave. Fuja de listas! Use setas, ramos, linhas retas ou curvas... Use a sua criatividade da melhor maneira para o seu aprendizado.

Palavras-chave

Elas não são nada mais que os tópicos principais que você vai estudar. Assim que anotá-los, você vai poder fazer uso de novo dos ramos radianos para interligá-los a subtópicos que vão abranger os outros tópicos e o seu tema principal.

Use cores!

A gente já falou antes, mas vamos repetir: use cores!

É interessante que você faça uso de pelo menos três cores. A escolha delas fica a seu critério e você tem toda a liberdade de criar seus próprios padrões de uso delas.

Cada parte do mapa mental tendo uma cor para designar a sua função, vai auxiliar para que as informações fiquem mais visuais e completas.

Imagens

Os mapas mentais são fluxogramas/organogramas. A sua função é transcrever e organizar as ideias em forma de imagem para facilitar a leitura e absorção da informação do tema que é seu foco de estudos.

Lembre-se que não há um padrão na criação dos mapas mentais, até porque o nosso cérebro não pensa de forma linear.

Já reparou como, às vezes, você está estudando um tema e vai puxando outro tema e, quando vê... Abrangeu vários dentro da sua hora de estudos? É assim que o mapa mental vai funcionar.

Ok, mas como posso definir uma palavra-chave?

Bem, até aqui a gente já entendeu o que são mapas mentais e como eles funcionam, certo? Mas, como definir qual será o tema que iremos estudar e as palavras-chave?

Use uma caneta marca-texto na matéria que está estudando e selecione as palavras que serão usadas.

Vamos lá?

Os mapas mentais vão te ajudar a memorizar e fixar em sua mente os conceitos mais importantes de seu objetivo de estudos, estabelecendo uma relação entre os temas.

A intenção é que você "bata os olhos" no mapa mental e consiga associar as informações de maneira funcional.

Tendo os estímulos certos, você vai conseguir fixar todos os conteúdos estudados na mente.

Bons estudos!


Fonte:
Comunicação Coletivo Aprendiz